SEGUNDA À SEXTA DAS 9h30 às 20h30
(31) 3335-5353 / (31) 99228-0053

Blefaroplastia, a cirurgia das pálpebras

Pálpebras Não Mentem

Você já notou como as pálpebras podem ser um verdadeiro espelho do nosso bem-estar e da nossa idade? Elas são, sem dúvida, uma das áreas mais expressivas do nosso rosto, capazes de revelar muito sobre nós, mesmo quando não queremos. 

Muitas vezes, detalhes nas pálpebras podem denunciar sinais de cansaço, estresse ou até o avançar da idade.

Por exemplo, você é aquela pessoa que, ao passar delineador, percebe que ele costuma marcar o alto das pálpebras superiores? 

Isso pode ser um sinal de que a pele da pálpebra está começando a perder sua elasticidade. O delineador, em vez de permanecer na linha onde foi aplicado, transfere-se para a área mais alta, indicando uma mudança na textura e na firmeza da pele.

Além disso, muitos de nós notamos uma mudança no contorno dos olhos com o passar do tempo. Aquele côncavo bem definido das pálpebras superiores pode se tornar menos perceptível. 

Isso ocorre quando perdemos gordura nessa região ou quando a pele começa a ceder devido à perda de colágeno e elastina.

E as bolsas que formam abaixo dos olhos? Elas são outro indicador de que nossas pálpebras estão nos enviando sinais. Elas contribuem para uma aparência cansada e envelhecida.

O incômodo desse envelhecimento pode ser tratado com a blefaroplastia, que é a cirurgia das pálpebras. Ela pode ser a blefaroplastia clássica, que retira apenas o excesso de pele e gordura dessas regiões ou a ampliada, técnica desenvolvida pelo Dr. Armando Chiari e que trata as regiões adjacentes, como terço médio da face e a elevação das sobrancelhas.

Dr. Armando Chiari Jr.

CRMMG:13291 | RQE: 5418

Deixe seu comentário